Terapia na cozinha, um encontro gratificante consigo mesmo – receita de massa caseira

Ontem a manhã do meu domingo foi dedicada à cozinha. Eu amo estar neste local, que considero o mais aconchegante dentro de uma casa. É da cozinha que vem aquele cheirinho gostoso de café ou dos mais deliciosos pratos que inventamos. Sem falar que cozinhar é uma ótima terapia. Sim. Enquanto cozinha ou lava louça, que tal praticar a atenção plena? Não, não vá pensar bobagem enquanto cozinha porque o alimento recebe toda carga de amor ou de dor que você colocar nele. Vamos pensar somente em coisas boas enquanto cozinhamos. Também vale ouvir uma boa música nessas horas.

Voltando ao dia de ontem, eu resolvi preparar uma deliciosa lasanha para estrear o cilindro elétrico que comprei. Começando pelo molho, pois uma bela pasta precisa dele para aguçar ainda mais os nossos sentidos. Para fazê-lo, eu tiro a pele dos tomates maduros e corto cada um em pedaços bem pequenos. Depois, em uma panela grande, douro no azeite cebola ralada e alho para em seguida acrescentar os tomates. Enquanto o molho borbulha no fogo, eu acrescento sal, pimenta-do-reino, ervas finas ou orégano, curry, um pedaço de pimentão ou duas pimentas-de-cheiro para dar um toque especial.

Agora é a vez da massa. Para fazê-la, eu quebro seis ovos em uma vasilha e acrescento uma colher de café cheia de sal e um fio de azeite de oliva. É importante que os ovos estejam em temperatura ambiente. Misturo bem e acrescento uma xícara e meia de farinha de arroz ou sêmola de trigo. Misturo novamente e vou acrescentando farinha de trigo até soltar das mãos. A farinha de arroz ou a sêmola de trigo são importantes para deixar a massa mais al dente, mas, se não tiver, use farinha de trigo o tempo inteiro. Se tiver farinha italiana 00, melhor ainda.

Massa no ponto, agora é hora de dividi-la e abri-la com a ajuda de um rolo ou cilindro. Vá abrindo e acrescentando farinha de trigo até chegar à espessura de macarrão ou de lasanha. No caso da lasanha, corte em pedaços retangulares, que não precisam ser perfeitos porque na fôrma eles receberão a forma.

Se você tem filhos, esta é a hora de chamá-los para se divertir na cozinha. As crianças amam participar.

Massa pronta e cortada, aqueça bastante água em uma panela grande e coloque sal e um fio de azeite. Na água fervente, vá jogando a massa somente para “assustá-la”, coisa de alguns segundos. Antes disso, separe um refratário e forre com uma fina camada de molho. Vá acrescentando a massa em camadas alternadas de molho/massa/queijo ou outro recheio de sua preferência. Finalize com uma camada de queijo e um pouco de orégano ou ervas finas. Leve ao forno por em média vinte minutos. Sirva com um bom vinho tinto caso aprecie.

Essa mesma receita pode ser usada para fazer um belo macarrão e servir em um jantar para aquela pessoa especial. Neste caso, em vez de cortar a massa como lasanha, se não tiver cortador, abra bem a massa e em seguida enrole-a, cortando-a delicadamente em formato de talharim. Cozinhe normalmente na água com sal e um fio de azeite e sirva com o molho e queijo parmesão ralado. Use a sua criatividade.

Bom apetite!

Se este texto fez sentido para você, inscreva-se para receber todas as atualizações deste blog.

Publicado por Sol Antônia

Sol escritora de romances, língua portuguesa e livros de autoajuda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: