Não, seu coração não está fechado para o amor…

Quantas vezes na vida já quebramos a cara no amor e prometemos a nós mesmos não amar mais ninguém? E quantas vezes já amamos tanto e, tendo esse amor chegado ao fim, nós nos recolhemos, acreditando que nosso coração estava “fechado” para o amor e que não amaríamos mais ninguém? Até que de repente nos deparamos com um novo riso, uma nova forma de ser e… Nos apaixonamos de novo. E muitas vezes a paixão e o amor vieram tão mais fortes que pensamos: “Meu Deus! Que bom que aquela relação não vingou. Caso contrário eu não teria conhecido esta pessoa…”

A vida é assim, um eterno começo e recomeço, assim como todos os dias, assim como todos os anos. Sempre existem infinitas possibilidades.

Eu sempre me lembro de uma canção cuja letra diz:

A vida tem sons que pra gente ouvir
Precisa entender que um amor de verdade
É feito canção, qualquer coisa assim
Que tem seu começo, seu meio e seu fim

A vida tem sons que pra gente ouvir
Precisa aprender a começar de novo
É como tocar o mesmo violão
E nele compor uma nova canção

Que fale de amor
Que faça chorar
Que toque mais forte esse meu coração

Ah, coração, se apronta pra recomeçar
Ah, coração, esquece esse medo de amar de novo…

Como diz a música, nosso coração é semelhante a um instrumento: basta fazer uma afinação e ele está pronto para tocar de novo. Não é algo estático, não é um quarto que podemos fechar e deixar vazio enquanto viajamos, é um ser vivo pulsante que carece de emoção. E essa emoção não necessariamente precisa vir de outra pessoa. Pode ser um hobby, um lazer, uma viagem, uma atividade física, algo que nos dê prazer. Sentir paixão – seja pela vida ou por outra pessoa – faz bem para a alma.

É por isso que não podemos nos fechar para novas possibilidades quando a vida nos tira algo ou alguém. Se foi, é porque já não fazia mais sentido de algum modo.

Estar com o coração aberto é dizer sim para a vida. Estando abertos a novas possibilidades, de repente a vida nos presenteia com outras situações, outras pessoas, outros lugares, tão ou mais valiosos que aqueles que se foram. E tudo flui.

Basta um sorriso e a vida nos oferece novos caminhos.

O que está esperando? Voe!

Segredos masculinos: Desvende a mente masculina e conquiste seu amor próprio.

Se este texto fez sentido para você, deixe um comentário e se inscreva para receber todas as atualizações deste blog.

Publicado por Sol Antônia

Sol escritora de romances, língua portuguesa e livros de autoajuda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: