A vitamina D e seus benefícios para a saúde

Você sabia que a vitamina D é na verdade um hormônio esteroide lipossolúvel? Sim, e ela tem um papel primordial na manutenção da saúde, contribuindo para a melhoria do sistema imunológico. Antes da descoberta do antibiótico, doenças como tuberculose, sífilis e psoríase eram curadas simplesmente com o banho de sol. Hoje, no entanto, em todo o mundo cresce o número de casos de deficiência de vitamina D em virtude do estilo de vida atual de se trabalhar em ambientes fechados e de não se tomar sol. No Brasil, noventa por cento da população têm deficiência da vitamina D.

Principais fontes de vitamina D

Suas principais fontes são o salmão, o atum, a sardinha, a gema de ovo, queijos, fígado e cogumelos. No entanto, seria necessário um consumo exagerado desses alimentos para se obter a dosagem diária dessa vitamina.

Dosagem diária

A dosagem fisiológica é de 10.000 UI, a qual é obtida com a exposição diária ao sol por 20 minutos sem filtro solar e com pelo menos os braços e as pernas expostos, no horário das 10 às 14 horas, lembrando que não se pode tomar banho com sabão após a exposição solar, caso contrário a vitamina é retirada da pele antes de ser absorvida pelo organismo. Portanto, para obter todos os benefícios da vitamina D, é necessário observar a dosagem adequada para corrigir sua deficiência, que é de no mínimo 5.000 UI. O ideal, no caso de pessoas que não têm condições de tomar sol diariamente, é fazer uso de suplementação. O melhor horário para tomar o suplemento de vitamina D3 é após as refeições, pois esse hormônio precisa da bile para ser absorvido. Caso a pessoa não tenha vesícula, deverá tomar bile artificial junto com a vitamina D3, pois sem esse órgão a absorção das vitaminas A, D, E e K fica prejudicada.

Para que serve a vitamina D

A vitamina D aumenta a absorção de cálcio e fósforo, fortalecendo ossos e dentes.

Ela previne e trata doenças como obesidade, diabetes, hipertensão, esclerose múltipla, osteoporose, raquitismo, osteomalacia, doenças do coração e do sistema circulatório.

Também previne o envelhecimento precoce, assim como previne e ajuda no tratamento de alguns tipos de câncer, como os de cólon, reto e mama.

A vitamina D ainda reduz a incidência de asma, tosse, gripe e infecções respiratórias em adultos e crianças, bem como melhora a saúde dos músculos, da pele e dos rins.

Em doses adequadas, a vitamina D aumenta a performance esportiva por influenciar na função muscular e ajuda a tratar o diabetes por auxiliar na secreção de insulina, hormônio essencial para o metabolismo dos carboidratos e para a hipertrofia.

Nas doenças periodontais (inchaço e sangramento das gengivas), a vitamina D ajuda porque atua na produção de defensinas e catelicidinas, compostos que diminuem o número de bactérias na boca.

A vitamina D é essencial no tratamento da esquizofrenia e da depressão, doenças que têm associação direta com a deficiência de vitamina D.

No tratamento de câncer, a vitamina D ajuda a controlar o desenvolvimento e o crescimento do tumor, especialmente o câncer estrogênio-sensível.

Se este texto fez sentido para você, inscreva-se para receber todas as atualizações deste blog.

Publicado por Sol Antônia

Sol escritora de romances, língua portuguesa e livros de autoajuda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: