Problema de pressão arterial: o que seu corpo está tentando lhe dizer

A saúde é o espelho do que pensamos”, diz o médico indiano Deepak Chopra.

Já existem estudos comprovando que os pensamentos geram respostas fisiológicas correspondentes, as quais podem ser positivas ou negativas dependendo do que pensamos. Todo estado de humor fica impresso em nossas células, acarretando saúde ou doença de acordo com o que estamos emanando em termos energéticos. Por isso, nós podemos sim controlar algumas reações do organismo por meio do domínio dos pensamentos.

Tudo o que vai além do físico é interesse de estudo da metafísica (meta = além e física = matéria), a qual compreende a esfera psíquica, emocional, energética, espiritual e sentimental. Segundo a metafísica, é a alma que cria a matéria, e a raiz dos males físicos reside na nossa atitude diante das situações cotidianas. Portanto, é a nossa postura diante das situações da vida que determina a saúde do nosso corpo ou desencadeia as doenças que afetam o nosso organismo.

Falando especificamente sobre os problemas na pressão arterial (tanto a pressão alta quanto a baixa), eles podem indicar que o indivíduo está tentando fugir de conflitos envolvendo a afetividade. O corpo conversa conosco o tempo inteiro. Para ouvi-lo, basta calar os pensamentos excessivos.

Hipertensão (pressão alta)

Seguindo essa linha de raciocínio, metafisicamente, a hipertensão (ou pressão alta) ocorre em pessoas que supervalorizam os problemas ou guardam emoções em vez de resolvê-las. Também ocorre em pessoas que têm medo extremo de perder algo ou alguém, em pessoas que costumam ficar remoendo detalhes ou que sofrem por não aceitar certas situações da vida. Ocorre ainda quando a pessoa tenta fugir dos problemas dedicando-se excessivamente ao trabalho, aos filhos ou a outras atividades. Geralmente, quando não tem o que fazer para si mesma, a pessoa passa a se preocupar com os problemas alheios, deixando de lado suas próprias dificuldades. Essa atitude de fuga em geral não resolve os problemas, só faz adiá-los.

Hipotensão (pressão baixa)

A hipotensão (ou pressão baixa), na visão metafísica, ocorre em pessoas que procuram fugir dos acontecimentos, ocultando conflitos. Ao se depararem com questões difíceis, elas se negam a enfrentar os fatos e procuram esquecê-los, semelhante ao que ocorre quando se varre a sujeira para debaixo do tapete. As pessoas que sofrem de pressão baixa também costumam se deixar influenciar facilmente pelos outros ou pelas situações, bem como costumam se fazer de vítimas, numa tentativa por vezes inconsciente de serem poupadas dos problemas.

Receita natural para melhorar a pressão alta

Uma receita natural para as pessoas que sofrem de pressão alta é a água de alho. Ela ajuda a regular a pressão arterial por estimular a produção de óxido nítrico, facilitando a circulação do sangue e diminuindo a pressão sobre o coração. O alho é excelente para manter a saúde cardiovascular de qualquer pessoa, pois é antioxidante e protege os vasos sanguíneos, evitando problemas como aterosclerose. Lembramos que esta receita é apenas sugestiva e não substitui o tratamento com um médico ou terapeuta.

Como fazer a água de alho

Para fazer a água de alho, basta colocar um dente de alho cru descascado e amassado em um copo de água (200 ml) e deixar repousar durante a noite. Pela manhã, beber a água em jejum e descartar o alho ou usá-lo no preparo de alimentos.

Cuidando da saúde mental e emocional

Independentemente do problema com a pressão arterial (se alta ou baixa), chamamos atenção para a importância de cuidarmos dos aspectos mental e emocional, de modo a termos saúde plena.

No caso específico da pressão alta, é importante se libertar do passado, esquecer as lembranças desagradáveis, relaxar e deixar o tempo resolver a situação. Também é preciso se livrar do medo do futuro, pois não adianta sofrer antecipadamente por algo que na maioria das vezes nem acontece.

No livro Cure seu corpo, a autora, Louise Hay, atribui a causa provável da pressão alta a um antigo problema emocional não resolvido e sugere, para ajudar na cura, a repetição da seguinte frase:

“Ideias boas e alegres circulam livremente em mim”.

Quanto à pressão baixa, segundo Louise Hay, sua causa provável é a falta de amor quando criança, o derrotismo, o desânimo. A frase sugerida para ajudar na cura da hipotensão é:

“Agora quero viver eternamente alegre. Minha vida é pura alegria”.

Independentemente de qualquer problema, é importante trabalhar a autoestima e a autoaceitação, evitando se julgar por atitudes passadas ou pela falta de coragem para tomar determinada atitude.
Amar-se e ser tolerante consigo mesmo e com as outras pessoas é um exercício diário para a plenitude da alma. Neste sentido, sugerimos a prática do ho’oponopono, que é muito eficaz. O amor cura tudo, principalmente o coração, órgão que é símbolo da amorosidade. 

Dando nota aos problemas

Quando estiver diante de uma situação difícil, pense:

“Que nota eu daria a este problema se soubesse que vou morrer amanhã?”

Essa pergunta é muito profunda e normalmente a nota que damos ao problema é baixíssima. Afinal, o que vale mais que a vida?

Quando valorizamos a vida, aprendemos a dar valor ao que realmente tem valor, descartamos conversas inúteis e paramos de nos preocupar com assuntos futuros e incertos.

Fluindo com a vida

“Tudo vale a pena se a alma não é pequena”, diz o poeta Fernando Pessoa.

Engradecer a vida com coisas nobres e deixar para trás as coisas comuns que só nos depreciam. Falar somente a respeito de assuntos edificantes e sobre o que amamos. Filtrar os ouvidos para que só recebam notícias boas. Fluir com a vida, fazendo nossa parte e deixando que Deus se encarregue do restante, aceitando que não temos domínio sobre os acontecimentos da vida. Essas são as principais atitudes que nos fazem ter saúde plena e tranquilidade na alma.

Se este texto fez sentido para você, inscreva-se para receber todas as atualizações deste blog.

Publicado por Sol Antônia

Sol escritora de romances, língua portuguesa e livros de autoajuda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: